9 de novembro de 2012

Festa de Santa Luzia 2012



A Diocese de Santa Luzia realizará na próxima terça-feira, 13, às 18h, no Memorial da Resistência de Mossoró (MRM), o lançamento oficial da Festa de Santa Luzia 2012, cujo lema é "Ver com os olhos da Esperança". O encontro terá a animação da Orquestra Sanfônica de Mossoró.
Na ocasião, a Comissão da Festa reunirá autoridades e profissionais da imprensa para anunciar as principais novidades dos festejos. Entre as inovações, conforme adiantou a comissão organizadora, está a campanha de incentivo de doação de córneas, através da Comissão Intra-hospitalar de Órgãos e Tecidos para Transplantes no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).
Os demais detalhes da campanha, bem como as novidades da festa sociorreligiosa, a comissão guardou para divulgar somente na próxima semana. Todavia, algumas atividades tradicionais dos festejos já estão confirmadas como a pedalada, corrida, shows de bandas locais e nacionais.
Os preparativos para a Festa de Santa Luzia já foram iniciados com a peregrinação da Imagem da Padroeira e suas Relíquias pelas 4 Áreas da Paróquia de Santa Luzia e os Zonais da Diocese.
A festa sociorreligiosa será realizada de 3 a 13 de dezembro. Durante os dez haverá celebrações e uma vasta programação social nas mediações da Catedral de Santa Luzia.
De acordo com a comissão organizadora, o tema "Ver com os olhos da esperança" tem como objetivo despertar nos fiéis a esperança por dias melhores.

Festa de Santa Luzia é a principal manifestação religiosa e social da cidade
A Festa de Santa Luzia é a principal manifestação religiosa e social da cidade, devido à história da devoção dos mossoroenses à Virgem de Siracusa, que vem desde o surgimento do município.
Segundo historiadores, no início do século XVIII, o sargento-mor Antônio de Souza Machado, português que residia em Russas (CE), requereu da diocese autorização para erguer uma capela nos poucos hectares de terra, onde hoje é Mossoró, em homenagem à santa em pagamento a uma promessa de sua esposa Rosa Fernandes.
A Diocese autorizou, sob a condição de que o templo fosse construído em pedra e cal e houvesse um patrimônio em terras doadas pelo português. Assim, em janeiro de 1773, a capela foi construída no local onde hoje se encontra a Catedral de Santa Luzia.
Ao redor da capela surgiu a localidade denominada Santa Luzia. Ao mesmo passo em que a capela foi evoluindo a comunidade ao seu redor crescia em largas proporções. Devido ao fato de a história do município estar diretamente ligada à construção da capela em homenagem à santa, os mossoroenses deram a Santa Luzia o título de padroeira da cidade.
A imagem que até hoje é conduzida nas procissões e peregrinações só foi adquirida em 1779, quando Rosa Fernandes trouxe de Portugal uma imagem de Santa Luzia, em madeira, comprada por 25$600.

Fonte: O Mossoroense

Nenhum comentário:

Postar um comentário